Como lidar com uma crise epiléptica

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram

Neste texto vou mostrar como proceder em uma crise epiléptica, a epilepsia é conhecida por ser uma patologia neurológica, caracterizada por causar crises convulsivas frequentes, nos indivíduos que sofrem desta doença. Mesmo após muito tratamento, o paciente epilético deve se manter atento e com suas práticas diárias, de atividades e medicações, visto que esse é um mal crônico, que é tratado visando o aumento da qualidade de vida do paciente. Mesmo diante disto, em uma crise prolongada, é de suma importância ligar para a ambulância já no primeiro momento, visto que pacientes assim costumam demandar de uma ambulância, para melhor atendê-los.

Trarei algumas práticas positivas e outras que devem ser tomadas em casos de emergência médica, no ápice da crise, visto que esse é um mal que atinge 50 milhões de pessoas no mundo, segundo a OMS. A prática mais saudável sempre será o tratamento passado pelo médico responsável, porém é comum que o mesmo falhe, abrindo algumas brechas para que ocorram crises.

No geral, todas ações indicadas têm como objetivo tranquilizar e estabilizar a pessoa que está tendo uma crise epiléptica, por isso o primeiro passo é manter a calma, já que as crises epilépticas tendem a passar com o tempo, essa é a indicação mais frequente entre os profissionais da saúde, que são especializados no assunto. Coloque-a deitada, assegure-se de que não existam objetos que possam causar ferimentos em quem está tendo a crise epiléptica, é de extrema importância agir com calma e inteligência nesta etapa, já que ela pode bastar para que o indivíduo fique normal e a crise acabe.

Espere que a respiração se normalize, até que haja condições para se levantar, esteja pronto para ampará-lo neste momento crucial, em todo momento tranquilizando, visto que essa é a forma mais eficaz para dissipar uma crise epiléptica. Faça com que se sinta confortável, de forma que possa ir aos poucos ficando menos ofegante, recobrando assim a consciência, para ter a força necessária, conseguindo assim sair da crise.

Não introduza nada em sua boca, é comum ouvir pessoas dizendo para introduzir coisas na boca em um momento de crise epiléptica, ou até mesmo a própria mão, porém essa não é uma prática nem um pouco saudável, pois pode ocasionar feridas em que está tendo a crise epiléptica e também em quem está tentando ajudar. Além de correr o risco de uma asfixia, que neste cenário, tornaria mais difícil que a crise chegasse ao fim, diante disso, não impeça seus movimentos, não tente segurar, nem nada do tipo, afinal o objetivo é tranquilizar quem está tendo convulsão.

Levante o queixo levemente para tentar ajudar na respiração, um dos principais pontos para que a consciência seja recobrada é a respiração, é fazer com que ela fique normal que vai estabilizar, fazendo com que a convulsão chegue ao fim. É uma manobra simples, mas que pode impedir o agravamento rápido de uma crise epiléptica, apenas por fazer com que o cérebro e os pulmões sejam oxigenados.

Por fim, afrouxe tudo que pode estar prendendo a pessoa que está tendo uma crise, dessa forma é possível que ela se tranquilize, até que tudo aquilo termine de vez, de forma calma e sucinta, já que isso é o mais importante quando se trata deste assunto, que muitas vezes não é comumente disseminado.

Diante de tudo isso, podemos concluir sobre a importância de estar por dentro deste mundo, que é o universo de que sofre por epilepsia, no entanto é válido lembrar que este é um indivíduo que carece de atenção especial na área da saúde, por isso é mais que necessário ter uma ambulância, ou até mesmo custear o aluguel de uma ambulância particular, isso pode fazer uma grande diferença, no momento de maior necessidade.

Conte conosco se precisar de ajuda! Você pode entrar em contato através do WhatsApp (41) 99909-2580 ou e-mail disponível no site.

Saiba mais:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *